BLOG

AS VEZES É PRECISO ENGOLIR SAPOS

Engolir sapos ou não engolir nunca? Dizer tudo o que está pensando e sentindo na "lata" ou esperar a raiva passar para então tomar uma decisão. Essa é a questão deste artigo, e pessoalmente acho que, em princípio não devemos “engolir sapos”, mas há momentos e contextos para cada coisa na vida.

O fato é que ninguém gosta, mas todos nós em alguns momentos precisamos engolir alguns sapos, seja na família, no trabalho ou na sociedade. Nem sempre é inteligente dizer tudo o que pensa, pois nem sempre o melhor caminho é o de fazer um enfrentamento, pois em certas circunstâncias se falarmos tudo o que queremos falar teremos que lidar com problemas maiores ainda e muitas vezes desnecessários.


Claro que o ideal seria não ter que engolir nenhum sapo, mas a vida em comum, na família, relacionamento e no trabalho nem sempre dá para fazer o que seria o ideal. As vezes as pessoas não se dão por conta do que estão fazendo, assim como outras estão tão descontroladas que dizem coisas que depois irão se arrepender de ter dito. Há casos nas empresas ou sociedade que quem está na posição de poder abusa e fala o que não devia, ou até devia, mas isoladamente, não na frente de outras pessoas.

NEM TODA BRIGA VALE A PENA

A questão é que nem sempre é bom comprar uma briga e que muitas vezes a estratégia é seguir em frente e com o tempo conquistar suas vitórias e méritos. Da mesma forma tem aqueles momentos que precisamos deixar o familiar, amigo ou pessoa amada descarregar sua bobagem e depois vamos ter que sentar e pôr os limites para ela.

Então aprenda a engolir sapos e não se aborreça com isto. Se tiver que ficar calado ou fazer de conta que não entendeu ou que não tem importância, saia da situação por cima e não fique remoendo críticas ou se colocando na posição de vítima.

Engolir sapos é como lidar com problemas, ouvir lamentos, passar por situações constrangedoras. Tudo isto faz parte como a chuva na hora errada, um engarrafamento quando estamos com pressa, ou os outros inconvenientes que acontecem e estão fora do nosso controle.

 “Qualquer um pode zangar-se isso é fácil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneira certa - não é fácil.” - Aristóteles 

AS VEZES É PRECISO BRIGAR
Claro que haverá momentos que não devemos aceitar um desaforo ou um tratamento agressivo, mas o que falamos aqui é sobre aqueles momentos em que o melhor é calar e não criar um problema maior ainda, até porque com o andar da carroça, as coisas vão se equilibrar e as pessoas poderão se acertar.

A questão é simplesmente não dar importância, seguir em frente, corrigir se necessário ou até mesmo dar um gelo ou afastar-se definitivamente. Só não perca tempo e energia ficando com raiva dos outros e de si mesmo, pois isto consume sua paz e estraga sua beleza e seu dia. Então brinque, fique leve, releve e viva melhor, aceitando o que não pode mudar agora e enfrentando positivamente aquilo que pode ser resolvido. Só não fique calado na hora que deve falar e nem fale com raiva na hora que não vale a pena complicar mais.

Bruno Krug
Palestras Motivacionais e Terapias de Mudança Pessoal
(55)3312-5477 / (55)98142-5600
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.brunokrug.com.br
https://www.facebook.com/brunokrug.palestrantemotivacional

PROCURAR

FACEBOOK