BLOG

NÃO É SOMENTE O BATMAN QUE PRECISAVA ENFRENTAR SEUS MEDOS

MEDO -  NOSSO MAIOR INIMIGO 

Não é só você que sente medo e insegurança. Nas estórias de quadrinhos vemos que as figuras de heróis tem que enfrentar grades desafios, grandes inimigos e que precisam também enfrentar seus próprios "demônios internos".

É extremamente importante que você compreenda e aceite o mecanismo do medo como algo natural do ser humano, pois ele é um saudável mecanismo de defesa, cuja finalidade é proteger você. Entretanto muitas vezes ocorre que ele, com a intenção positiva de proteger você, comece a limitá-lo em suas decisões e atitudes, impedindo-o de crescer e conseguir seus objetivos pessoais.

 ACEITE O MEDO COMO NORMAL E ENFRENTE-O

Lembre-se que o medo é natural, e que o mais importante não é não sentir medo, mas saber seguir em frente apesar de estar sentindo medo. Isto é coragem, ousadia. Isto é uma decisão, uma determinação. Isto é a força de vontade em ação. Então se quer alguma coisa e está sentindo medo, comece a enfrentá-lo fazendo o que realmente sabe que é importante e quer, pois o problema do medo é que geralmente ele gera uma paralisia na ação, e isto é que é o perigo, e não o fato de sentir medo que é totalmente normal.

“FAÇA AQUILO QUE TEME E A MORTE DO MEDO É CERTA.” - Emerson

As pessoas ousadas também sentem medo, em grau maior ou menor que você, dependendo de diversos fatores e da situação, mas o que as torna especiais é que elas não se deixam ficar paralisadas pelo medo e assumem uma postura de coragem perante seus medos.

Trabalhe para ir superando sua insegurança e medos gradativamente. Ou seja, pouco a pouco procure se forçar a enfrentar as situações que teme, iniciando com pequenos desafios, e gradativamente aumente os seus desafios. Assim estará desenvolvendo a autoconfiança e a coragem de ousar, de arriscar.

É aconselhável iniciar com autossugestões de autoconfiança e coragem, para criar uma mentalidade positiva em relação a si mesmo. Depois siga com as técnicas de Visualização Criativa, visualizando-se realizando o que quer realizar, mentalizando o seu triunfo e os resultados benéficos que quer obter. Pode se o desejar, treinar sozinho ou com alguma pessoa amiga, atitudes que deseja ter em seu comportamento. Após estas preparações verá como será fácil enfrentar os seus desafios, os seus medos. Seu triunfo será certo e cada vez mais fácil, pois cada vitória o tornará mais confiante e seguro.

ENTENDA SEU MEDO E BUSQUE UM CAMINHO PARA VENCER

Conseguir aprender a lidar com a emoção do medo em menor ou maior grau é muito importante para evitar que o mesmo nos domine, paralise e estrague nossa vida. Ele faz parte da vida pois tem em sua base o desejo de autopreservação, visando a sobrevivência da espécie e de si mesmo.

Mas como sempre falamos, sentir medo é normal e a questão é como lidar com ele. Por isto acredito que precisamos inicialmente pensar em 3 pontos importantes a respeito do medo:

1) O medo pode ter um fator imaginário ou real, mas igualmente nos afeta. Se pensarmos muito a respeito de problemas, sejam eles a falta de dinheiro para pagar as contas ou as catástrofes e o terrorismo que espalham seu terror ao redor do mundo, inevitavelmente despertaremos o medo em algum grau.

A grande questão aqui é entender que pensar demais não irá nos ajudar muito, mas que analisarmos as questões que levam ao medo, e olharmos o que há ou não de fundamento pode vir a nos dar uma base para planejarmos ações concretas no sentido de amenizar ou eliminar aquilo que pode vir a nos afetar, e neste caso podemos dizer que então o medo foi útil, pois nos levou a ação para nos proteger.

Então, pare de pensar sobre coisas que te dão medo, e foque em entender as probabilidades dos problemas e planejar o que pode fazer para resolver ou amenizar os mesmos. Independentemente dos resultados finais, com certeza isto fará você ter maior domínio de si mesmo e levará a resultados muito melhores do que mergulhar no medo e ficar imobilizado pelo mesmo.

2) Os sintomas oriundos do medo, tais como respiração difícil, opressão no peito, aceleração das batidas do coração, frio na barriga e outros mais, são uma preparação do corpo para levar você a duas formas de ação: a fuga ou a luta, pois ao longo da evolução da espécie aprendemos que precisamos fugir daquilo que nos leva a ter medo, ou vamos precisar enfrentar aquilo que tememos.

É preciso entender que são mecanismos naturais e importantes para nossa sobrevivência e nos ajudam a sobreviver e a enfrentar os perigos da vida. Mas entenda que só precisa aceitar eles, sem se deixar dominar por eles. Aceitando como naturais e que não tem que se envergonhar ou menosprezar por sentir medo, você pode ir dominando os mesmos através da prática de respirações lentas e profundas diversas vezes, assim como suspirando e alongando a musculatura que tende a ficar mais tensa. Isto irá te acalmar para poder focar em alguma ação mais produtiva e que leve a superar o medo que te limita.

3) No medo passamos a sentir incapazes de enfrentar aquilo que o origina, e é importante ter a calma para realmente ver se somos incapazes, ou se apenas estamos deixando de ver nossa real capacidade de enfrentar o mesmo. É claro que em alguns casos não vamos ser capazes de eliminar as causas do medo, como seria se encontrássemos um grupo de terroristas nos atacando, mas podemos sempre buscar fazer alguma coisa para superar melhor as dificuldades que se apresentam.

Creio ser necessário entender que há comportamentos que podemos exercer que podem ajudar a resolver problemas que nos geram medos, e isto tem muito a ver com a atitude mental, a autoconfiança, os conhecimentos que se possui e as competências que desenvolvemos no decorrer da vida.

No caso de enfrentarmos problemas que não sabemos como resolver, vamos precisar buscar ajuda para encontrar caminhos para solucioná-los, e se for o caso de não possuirmos a atitude positiva necessária, também podemos pedir o apoio de pessoas ou profissionais que possam ajudar-nos a enfrentar e mudar nosso padrão limitante.

Caso o problema é não possuirmos a habilidade correta para enfrentar e resolver o mesmo, então torna-se necessário buscar capacitação para ter a forma correta para solucionar da melhor forma possível, superando aquilo que nos gera insegurança ou medo.

Então, se achar que “não é bom o suficiente” ou que “não tem conhecimento ou capacidade” para vencer e resolver o problema, busque ajuda com pessoas e profissionais capacitados a desenvolver em você maiores competências e melhores atitudes positivas. Com certeza você irá melhorar seu desempenho e mudar sua atitude, e os problemas e os medos serão vencidos.

Bruno Krug

Consultor Empresarial e Palestrante Motivacional

(55) 3312-5477 / (55) 98142-5600

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

www.brunokrug.br

https://www.facebook.com/brunokrug.palestrantemotivacional?ref=hl

Conheça mais sobre nosso cursos e palestras motivacionais para desenvolver suas lideranças e equipes de trabalho: www.brunokrug.com.br

PROCURAR

FACEBOOK